Edad escolar


Mamãe, você sempre me diz: “Por que você faz tanta bagunça?”, “Por que você nunca empresta suas coisas para sua irmã?” “Quantas vezes eu tenho que explicar, para que você entender?” Eu sei que você me diz essas coisas por cansaço e porque você já perdeu a paciência comigo, mas isso não me ajuda a melhorar o meu comportamento, pelo contrário, isso apenas critica e diminui a minha auto-estima.   Quando eu me comporto de mandeira errada, critiquem o meu comportamento e não a minha personalidade. Me oriente de uma forma específica e não generalizada. “Seu irmão emprestou o carrinho dele pra você antes, então agora eu espero que você o deixe brincar com seu novo robô”. Isto me ajudará a entender o que se espera mim e aumentará a minha auto-estima.

Vamos jogar um jogo de palavras. Por exemplo, vamos escolher a letra “A”, e dizer um monte de palavras que começam com essa letra: azul, asa, avião, e etc. Então tomamos a letra “B” e dizemos, barco, bola, barril, e muito mais. Todos os dias nós jogamos esse jogo, com uma letra diferente, e depois eu posso desenhar as palavras que dissemos! Isso ajuda a expandir o meu vocabulário e me ajuda a ouvir os sons das letras, me preparando para o prazer da leitura e da escrita.

Quando você estava lavando o chão, eu corri loucamente, tropeçei no balde e derramei toda a água. você me disse com um tom de voz firme, que você ficou chateada e que eu deveria ajudar a limpar. Assim, sem gritar, você me ensinou a controlar as emoções, mesmo quando está com raiva. É assim, que eu aprendo com você e tento me controlar, mesmo quando estou com raiva.

Ontem eu cheguei da escola e queria brincar no quarto e falar sem parar. Eu não queria fazer a lição de casa e você disse que isso é um problema. Você disse que estava muito decepcionada comigo e que a minha irmã Silvia sempre faz a lição de casa sem enrolar. Eu fiquei tão ofendido que mesmo depois de brincar, eu não fiz a minha lição de casa. Se você não fizer comparações entre eu e as outras crianças, eu farei uma pausa na brincadeira, farei a minha lição de casa e serei o menino legal que você gosta que eu seja.

Quando eu falo sobre os medos que eu tenho, eu preciso sentir que você me entende e me protege deles. Talvez você possa me contar uma história relacionada com os meus medos.

O papai comprou um novo iPad. Ele chegou em casa eufórico e super animado. Ele me mostrou e me explicou as maravilhas deste novo aparelho e, juntos, nós jogamos um jogo muito emocionante. A partir daí, a cada momento livre eu peço para você me deixar jogar o jogo e não saio muito de para brincar com meus amigos fora de casa. Mamãe, na minha idade é muito importante correr, pular e fazer exercício físico. Sentar por muito tempo na frente do computador não é bom para mim. Determine um tempo limitado para jogos de computador ou video-games e me incentive a sair e brincar com outras crianças.

Ao ler um livro junto com seu filho, você pode perguntar a ele o que ele entende sobre uma determinada palavra. Pensem juntos o que essa palavra significa e como é possível tentar adivinhar o seu significado, mesmo não conhecendo a palavra. Isso ajudará seu filho a adquirir a capacidade de entender o contexto, o que é muito importante na aquisição da habilidade de leitura.

Mamãe, quando você me leva pra brincar na casa de um amigo ou no parquinho, seria ótimo se você me observasse de longe, como eu brinco e interajo com as outras crianças. Depois, podemos conversar sobre coisas que aconteceram durante a brincadeira, e você pode me ensinar a ser um amigo ainda melhor.

Mamãe, às vezes você age como um detetive. Acontece vários incidentes em casa e imediatamente você quer saber tim tim por tim tim. “Quem desenhou na parede?” Quem ainda não colocou os carrinhos de volta na caixa?” Meu irmão e eu sempre negamos tudo e você perde a paciência. Mamãe, aqui vai um pensamento para você refletir: o seu objetivo é encontrar os culpados ou achar uma solução? Talvez em vez de perguntar “quem foi” você pode perguntar: “Como isso aconteceu?” e pedir para que arrumemos a bagunça. Isso irá nos encorajar a encontrar soluções, em vez de fugir da responsabilidade.

Regras claras e uma rotina diária em casa, são muito importantes para o desenvolvimento do seu filho. Por exemplo, uma hora fixa para ir dormir e regras sobre quantos doces são permitidos a cada semana. No entanto, você pode flexibilizar algumas regras, de vez em quando. Assim, talvez sexta-feira seu filho tenha permissão para ir pra cama um pouco mais tarde, ou domingo, ele pode comer doces antes do jantar. A manutenção de normas e rotina, e a flexibilidade em ocasiões especiais, ajuda a criança a aprender a importância da flexibilidade.

Seu filho aprende com vocês, pais, como cooperar e tomar decisões em conjunto. Há famílias que realizam “reuniões de família”, onde são analisadas as decisões, que podem ser compartilhadas com as crianças, como por exemplo, a decisão sobre as atividade extracurricular, ou escolher um lugar para passear no fim de semana. Talvez cada um pode dar uma idéia, e juntos vocês podem discutir os prós e contras de cada opção. Cada um pode ter a chance a de convencer os outros de por que a sua idéia é a melhor. Alguém vai ter que desistir, e da próxima vez, talvez a sua idéia será escolhida.

Seu filho está agora mais interessado em piadas, rimas e histórias engraçadas. Pare um minuto e pense no que seu filho acha divertido? Ele gosta de uma série de personagens de um desenho animado ou tem uma conexão especial com um membro da família ou amigo divertido? Humor tem um papel importante na nossa saúde mental, e é uma ferramenta que pode ajudar a aliviar o estresse. Através do humor, nós podemos nos afastar um pouco de experiências um tanto desagradáveis e vê-las de uma forma diferente e menos estressante. Esta capacidade de ter uma perspectiva diferente sobre a situação nos ajuda a encontrar soluções para os problemas e contribui para a nossa paz interior. Então, o que você acha que faz seu filho rir? Será que vocês conseguem dar risadas hj? Você pode inventar um final diferente e engraçado na história que vocês sempre leêm antes de dormir, ou pedir para pessoas da família contarem histórias engraçadas que aconteceram com elas no passado? O que fará vocês rirem hoje?

A mamãe fez um bolo grande e delicioso, com chantilly e calda de chocolate para o meu aniversário. O bolo estava no balcão da cozinha, esperando a chegada dos familiares. Enquanto isso, a mamãe me disse para me segurar. Será que eu posso só pegar um pouco do chantilly? Mas eu me segurei e não passei o dedo nele! Mamãe entrou na cozinha e estava muito orgulhoso de mim mesmo. Ela disse aos convidados que eu consegui me conter, e eu fiquei todo feliz. A auto-confiança da criança é construída quando ela é capaz de controlar seus impulsos. Sempre deixe claro qual o comportamento que você espera dela, e isso irá ajudá-la a controlar seus impulsos.

Todas as tardes é a mesma história. Termina o programa de televisão que eu gosto e eu estou começo a ficar agitado. “Estou entediado”, eu grito em voz alta, e espero que a mamãe encontre uma solução! Mamãe, o problema do tédio pode ser facilmente resolvido: você pode me ensinar um pouco a ter mais responsabilidade. Tente manter uma rotina diária fixa, porque assim eu sei o que esperar e eu ficarei mais tranquilo. Outra boa idéia é fazer uma caixa surpresa, que tenha várias coisas que eu gosto, com as quais eu posso fazer milagres. Ta lvez vamos deixar um tempo e espaço na minha rotina para a caixa de surpresas. Então fica assim: toda vez que o programa terminar, você pode me incentivar a jogar um jogo sozinho. Isso vai me ensinar a ser mais independente e a ficar mais tranquilo.

Às vezes, quando lemos um poema em rima, eu tenho vontade tentar fazer rimas por mim mesmo. Eu gosto de dizer palavras como arranhões, beijo, e depois também cocô. Eu sei que você não gosta dessa última palavra, mas isso me faz rir e me ajuda a relaxar. Você pode continuar com as rimas, sem palavras feias, como sabão, casa e coração. Assim, você me ensina que podemos pensar em palavras feias, mas é prefirível não dizê-las. A criança aprende através da observação do comportamento dos pais, como inibir um comportamento social indesejado.

 

Baby Buzz contiene consejos para padres de niños de 0-8 años.